A Sabedoria em defesa da vida


Data da Postagem: 02 de Stembro de 2018

Neste mês de setembro, o Mês da Bíblia, a Igreja no Brasil propõe a seguinte temática para ser trabalhada nas comunidades: “Para que n’Ele nossos povos tenham vida – Livro da Sabedoria”; e o lema: “A Sabedoria é um espírito amigo do ser humano” (Sb 1,6). Quanta coisa boa podemos tirar de proveito do Livro da Sabedoria. E este estudo é providencial para o momento que estamos vivendo na nossa sociedade. São tantos os desafios pastorais e sociais, que, muitas vezes, corremos o risco de nos sentirmos perdidos tamanha confusão que se instalou.

Mas é na Palavra de Deus que encontramos consolo e refúgio. É na Palavra que temos a grata oportunidade de viver com esperança e alegria. O cristão não deve entrar em desespero; nunca. Somos um povo da Esperança e da Palavra.

“A Sabedoria é um espírito amigo do ser humano” (Sb 1,6). Vejam que linda esta mensagem, esta verdade. Temos uma grande amiga: a Sabedoria. “Espírito amigo”, ou seja, um amigo íntimo, presente, real, próximo, eficaz. O mundo precisa dessa sabedoria, que está escondida nas coisas simples, pequenas, do dia a dia. Nós é que complicamos as coisas, queremos tirar a humanidade do ser humano, tirar o valor da vida humana...

A sabedoria vem nos iluminar neste momento em que o mundo quer matar e desfigurar a humanidade. O ser humano está no centro dessa grande crise pois nos falta a Sabedoria do Alto. Os sábios deste mundo, os intelectuais, os governantes das grandes nações, estão míopes. Querem implantar uma cultura de morte “defendendo os direitos”. Mas não maior direito do que a vida humana, em si. Estamos a um passo de uma grande derrocada ética, caso não recuperemos o sentido verdadeiro da existência humana. Somos criaturas e não criadores.

Neste sentido, quero estimular você e sua comunidade a meditarem o livro da Sabedoria. Reúna sua família, sua comunidade. Leia a Palavra de Deus no seu local de trabalho. Coloque frases bíblicas, do libro da Sabedoria, em suas redes sociais. Ao invés de perder tempo brigando e discutindo coisas que não nos levam a nada nas redes sociais, que tal propor aos seus catequisandos, por exemplo, que eles publiquem trechos da Palavra de Deus?

Vamos fazer a nossa parte e fazer deste Mês da Bíblia uma grande profecia da Sabedoria. Sejamos verdadeiramente sábios. Não sejamos tolos. A tolice nos leva a morte, à divisão, às contendas e lamúrias da vida. O sábio reza, medita na Palavra.

O nosso povo precisa de vida, de justiça e da Verdade. No centro, Jesus: o Caminho, a Verdade e a Vida. A verdadeira Sabedoria nos leva a Jesus, que nos fornece a verdadeira Vida.

Que tenhamos um santo Mês da Bíblia na Arquidiocese de Maringá.

Dom Anuar Battisti