Padre Antônio José de Almeida fará assessoria externa no Sínodo para a Amazônia

29 de Stembro de 2019

"Padre Antônio José de Almeida fará assessoria externa no Sínodo para a Amazônia"

De 6 a 27 de outubro estará reunido em Roma, no Vaticano, o Sínodo para a Amazônia, cujo tema será “Amazônia: novos caminhos para a Igreja e para uma ecologia integral”.

O Sínodo contará com a presença de bispos da região amazônica (Brasil, Guiana Francesa, Venezuela, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia), de peritos, auditores e outros convidados.

Um grupo de teólogos e teólogas prestará assessoria externa aos bispos; entre eles, estará o padre Antônio José de Almeida, da Diocese de Apucarana, residente em Marialva, na Arquidiocese de Maringá.

“Na visão do Papa Francisco, o Sínodo dos Bispos deve tornar-se cada vez um instrumento privilegiado de escuta do Povo de Deus”, explica o presbítero.  

Padre Almeida cursou Filosofia em Curitiba entre 1967 e 1969; no segundo semestre daquele ano, iniciou sua graduação em Teologia na Pontifícia Universidade Gregoriana de Roma, concluída em 1972.

Foi ordenado presbítero em 1974 em Colorado, onde vive a maior parte da sua família. Em Arapongas, foi pároco da Paróquia Santíssima Trindade e diretor da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras e, a partir de 1981, também da Faculdade de Administração e Ciências Contábeis. Voltou para Roma em 1982, para cursar o mestrado e o doutorado em Teologia Sistemática na Pontifícia Universidade Gregoriana, com uma tese sobre os ministérios eclesiais na Igreja da América Latina.

Trabalhou como pároco oito anos em Santa Fé, município da região de Maringá. Ali, organizou a criação do Centro de Promoção Humana, que faz, há 30 anos, um trabalho social diferenciado com crianças, adolescentes, jovens e idosos.

Neste período, lecionou Teologia no Instituto “Paulo VI”, em Londrina. Foi Coordenador de pastoral da Diocese de Apucarana por 12 anos.

Em 1994, assumiu como Pároco a Catedral de Apucarana, onde atuou por 10 anos. Neste período, desempenhou também a função de representante do clero da Diocese de Apucarana, do Regional Sul 2 da CNBB (Paraná) e, a este título, foi membro da Comissão Nacional do Clero junto à CNBB.

Assessorou a CNBB na elaboração de alguns documentos, particularmente o Documento 62, sobre Missão e Ministérios dos Cristãos Leigos e Leigas, de 1999.

Desde o ano de 2004 reside em Marialva. Ministrou cursos, na área de eclesiologia, ministérios e pastoral em inúmeras dioceses do Brasil. É membro da Associação teológica Italiana (ATI) desde 2009.

Autor de mais de vinte obras na área da Teologia, foi professor na Pontifícia Universidade Católica do Paraná, em Curitiba, na Universidade Pontifícia do México, e no Instituto de Teologia e Pastoral para a América Latina, com sede em Bogotá, Colômbia. É o editor-chefe da revista O Pão Nosso de Cada Dia, um subsídio litúrgico-catequético para a liturgia diária, já na sua 167ª edição.