Dom João Mamede diz que deve cancelar missas em Maringá. Decisão ainda não foi publicada

17 de Março de 2020

"Dom João Mamede diz que deve cancelar missas em Maringá. Decisão ainda não foi publicada"

O Administrador Apostólico da Arquidiocese de Maringá, Dom João Mamede, disse hoje (17) que deverá cancelar todas as missas e demais atividades que tenham aglomeração de pessoas na Arquidiocese de Maringá.

A medida anunciada durante a coletiva para a imprensa na manhã dessa terça-feira em Umuarama, já está valendo para todos os municípios pertencentes à Diocese de Umuarama, pelo prazo de 15 dias.

Segundo Dom João, o mesmo que foi decido por ele para Umuarama deverá acontecer em Maringá, como medidas preventivas de combate ao coronavírus.

Nomeado pelo Papa Francisco como Administrador Apostólico da Arquidiocese de Maringá, Dom João divide os compromissos pastorais com as duas dioceses. A decisão de cancelar ou não as celebrações na Arquidiocese de Maringá, ainda depende de publicação de um decreto do Administrador Apostólico.


Santuário Santa Rita cancela missas do dia 22

Algumas paróquias já cancelaram celebrações. É o caso do Santuário Santa Rita de Cássia, no Parque Itaipu. Todas as missas do dia 22 de março foram canceladas. Todo dia 22 de cada mês, o Santuário recebe mais de 20 mil pessoas em suas celebrações.


Coletiva com a Imprensa

Hoje (17), em Maringá, Dom João deverá atender a imprensa às 16h30 na Cúria Metropolitana. Os devidos encaminhamentos sobre a pauta “coronavírus” deverão ser detalhados pelo próprio Dom João Mamede.

Pauta: Medidas preventivas de combate ao coronavírus na Arquidiocese de Maringá.

Terça-feira, 17 de março, às 16h30.

Local: Cúria Metropolitana - Avenida Tiradentes, 740, ao lado do Auditório Dona Guilhermina.