Projetos na área ambiental vão receber recursos do Fundo Arquidiocesano de Solidariedade


Data da Postagem: 26 de Stembro de 2017

O Fundo Arquidiocesano de Solidariedade (FAS),  mantido com o dinheiro arrecadado nas missas do Domingo de Ramos nas paróquias da Arquidiocese de Maringá, vai repassar recursos para 5 entidades que tiveram projetos aprovados na área ambiental em 2017.

Os projetos beneficiados estão ligados à temática da Campanha da Fraternidade: “Biomas Brasileiros e Defesa da Vida”.

Em 2017 o FAS arrecadou o total de R$170.320,10. O valor repassado para o Fundo Nacional foi de R$57.908,84. Já a quantia que financiará projetos nos municípios da Arquidiocese de Maringá totaliza R$86.863,25 (60%).

A comissão do FAS, a pedido dos bispos do Paraná, repassou R$25.548,01 (15%) para o 14º Intereclesial das CEBs, que será realizado em janeiro de 2018, em Londrina-PR.

O comitê gestor do FAS recebeu 25 projetos, dois quais 5 foram aprovados:



ASSOCIAÇÃO CULTURAL E BENEFICIENTE NOSSA SENHORA DE SIÃO

Projeto: Sustentabilidade em Defesa da Vida”

Valor R$2.400,00



CENTRO ASSISTENCIAL LAR SÃO FRANCISCO DE ASSIS (Jandaia do Sul)

Projeto: “Pomar da Mata atlântica”

Valor R$3.880,00



PARÓQUIA SÃO MATEUS APÓSTOLO

Projeto: “Limpeza dos Fundos de Vales e Trabalhos de Sensibilização”

Valor R$9.546,00



ASILO SÃO VICENTE DE PAULO (Jandaia do Sul)

Projeto: “Energia Solar como  Fonte Sustentável”

Valor R$5.000,00



ASSOCIAÇÃO MEIO AMBIENTALISTA (Cruzeiro do Sul)

Valor R$10.000,00


O repasse será feito nessa quarta-feira (27 de setembro) às 20h no Centro Pastoral Arquidiocesano (CEPA) - Rua Ver. Joaquim Pereira de Castro, 267, em frente à paróquia Santo Antônio de Pádua. Na ocasião será feita a abertura do 2º edital do FAS para as entidades que quiserem enviar novos projetos ou adequar os projetos que não foram aprovados no primeiro edital de 2017.


Image title