Uma ecologia integral


Data da Postagem: 03 de Abril de 2017

No ensinamento do papa Francisco aparece clara uma visão global, em continuidade com os seus antecessores. “Seres humanos, natureza e ambiente, criação e sociedade estão ligados entre si: ‘Ecologia humana e ecologia ambiental caminham juntas’.

Uma das palavras chave é ‘harmonia’. Essa visão ampla, atenta às ‘relações’ e não só ao homem entendido como centro, interroga-se sobre qual o impacto o progresso econômico, as novas tecnologias e o sistema finaceiro e têm sobre os seres humanos e sobre o ambiente: o perigo é sério, porque a causa do problema não é superficial, mas profunda: não é só uma questão de economia, mas de ética e de antropologia.

A igreja resaltou isso várias vezes, e muitos dizem: Sim, é justo, é verdade, mas o sitema continua como antes, porque o que domina são as dinâmicas de uma economia e de uma finança carente de ética. O que manda hoje não é o homem, é o dinheiro, o dinheiro manda. E Deus, nosso Pai, deu a tarefa de guardar a terra não para o dinheiro, mas para nós: aos homens e às mulheres, nós temos essa tarefa! Ao contrário, homens e mulheres são sacrificados aos ídolos de lucro e do consumo: é a cultura do descarte.” (Texto base CF 2017 nº256).

O apelo de Francisco é contundente: “O tempo para encontrar soluções globais está acabando. Só podemos encontrar soluções adequadas se agirmos juntos e de comum acordo. Portanto, existe um claro, definitivo e improrrogável imperativo ético de agir. Na exortação apóstólica sobre ecologia, “Laudato Sí”, o papa enfrenta o desafio ecológico de modo amplo, reconhecendo adequadamente o ponto de vista científico sobre as mudanças climáticas, as suas causas e consequências, e os remédios necessários.

Seu objetivo não é o de fazer especulação nem de simplesmente se unir a esta ou aquela teoria, mas convidar os homens e mulheres de boa vontade a considerar bem as suas responsabilidades para com as gerações futuras e agir de modo consequente. Não se trata de fazer apenas campanhas para salvar algumas espécies de animais e vegetais raras, o que é importante; mas se trata de assegurar que centenas de milhões de pessoas tenham água limpa para beber, ar puro para respirar, que  possam levar vida digna, ter acesso aos bens do desenvolviemto integral, boas condições de saúde e possam continuar se relacionando com a criação, da qual são parte. (Texto base CF 2017 nº 259).

Nesta dinâmica da Ecologia integral, lembremos sempre que também corremos outro grave perigo no Brasil: o aborto. Novamente, forças obscuras investem no Congresso e no STF para liberar o assassinato de crianças no ventre de suas mães. Vamos rezar pela ecologia completa e em primeiro lugar a vida humana.

 Deus Onipotente, que estais presente em todo o universo e na mais pequenina das vossas criaturas. Vós que envolveis com a vossa ternura tudo o que existe, derramai em nós a forçado vosso amor para cuidarmos da vida e da beleza. Inundai-nos de paz, para que vivamos como irmãos e irmãs sem prejudicar ninguém.  Ó Deus dos pobres, ajudai-nos a resgatar os abandonados e esquecidos desta terra que valem tanto aos vossos olhos. Curai a nossa vida,para que protejamos o mundo e não o depredemos, para que semeemos beleza e não poluição nem destruição. Tocai os corações daqueles que buscam apenas benefícios à custa dos pobres e da terra. Ensinai-nos a descobrir o valor de cada coisa, a contemplar com encanto, a reconhecer que estamos profundamente unidos com todas as criaturas no nosso caminho para a vossa luz infinita. Obrigado porque estais conosco todos os dias. Sustentai-nos, por favor, na nossa luta pela justiça, o amor e a paz. Amém” (Papa Francisco).

 

Dom Anuar Battisti